Reprodução do Globo
Reprodução do Globo

Ainda não tinha abordado aqui no blog, o comentário sobre mim, feito pelo ex-secretário de Saúde, Sérgio Côrtes na sua entrevista ao jornal O Globo, publicada no domingo. Ali ele diz que acabou sua "relação" com Sérgio Cabral, seu companheiro de farras pelo mundo afora e chefe da quadrilha que saqueou o Rio de Janeiro. Romperam porque na hora do desespero é cada um por si, e Côrtes, para tentar obter uma pena menor, entregou esquemas de corrupção do ex-chefe.

Côrtes, criminoso confesso, não se controla e em dado momento da entrevista me chama de "vagabundo". Vindo da boca de um ladrão do dinheiro público considero um elogio.

Mas entendo perfeitamente a revolta do ex-secretário estadual de Saúde. Fui eu, aqui no blog, em 2011, como podem conferir abaixo que fiz as primeiras denúncias da roubalheira que Côrtes praticou na saúde. Grande parte do que foi descoberto dos esquemas da Saúde foi denunciada aqui no blog anos antes da Lava Jato.

Hoje, diante de tudo o que já veio à tona de Sérgio Côrtes, a população sabe muito bem que ele é mais que "vagabundo", é um ladrão.