Reprodução da Veja online
Reprodução da Veja online

No mesmo dia em que a PF e o MPF produziram uma bomba que explodiu o entorno de Michel Temer, o IBGE lançou um petardo que atinge o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. O desemprego voltou a subir, novamente chegou à casa de 13 milhões sem trabalho (pela metodologia do IBGE), na verdade são mais de 22 milhões de desempregados. Mas derruba o discurso de Meirelles, que se filiará na próxima semana ao MDB.