Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online
Na próxima terça-feira, finalmente, após 10 meses da denúncia feita pelo então Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, a Primeira Turma do STF, composta pelos ministros Marco Aurélio Mello (relator), Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux vai decidir se Aécio Neves vira réu no caso da propina de R$ 2 milhões, pedida ao empresário Joesley Batista, que gravou a solicitação nada republicana.

Diante das provas, e pelas posições recentes dos ministros da Primeira Turma, não acredito que Aécio Neves consiga se livrar. Mas é preciso aguardar.

Comentários

11/04/2018

02:32

Reinaldo Luiz - Rio de Janeiro

O interessante é que o Joesley entregou o dinheiro por causa de uma negociação com o Ministério Público e um ministro do STF, para ganhar imunidade penal e se mudar para os Estados Unidos.

12/04/2018

11:53

Wandré Silva - Manaus

É mais fácil encontrar uma nota de três reais do que ver um tucano engaiolado.