Reprodução do Diário do Poder
Reprodução do Diário do Poder

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária, Cabral ontem mal tocou nas quentinhas de almoço e jantar de Bangu 8, afinal era frango com arroz, feijão e legumes. Muito longe do seu paladar refinado. Por isso, seus advogados já pediram sua transferência para a Cadeia Pública de Benfica. Alegam que ele corre risco de vida em Bangu 8. Mas todo mundo sabe que não é nada disso. Cabral quer voltar para Benfica porque sabe que lá tem todos os privilégios, além da companhia de vários amigos, integrantes da mesma quadrilha, e ainda conta com um ex-PM que trabalha para ele como segurança e mordomo. Claro que em Benfica pode voltar a receber comida do Antiquarius e outros restaurantes refinados, sem precisar comer a quentinha dos presos.