O juiz Renato Borelli, da 20ª Vara do Distrito Federal, suspendeu uma portaria do governo Michel Temer que transfere R$ 203 milhões da área social para custear publicidade do Planalto.

“A situação apresentada atualmente beira o caos, e a retirada do orçamento de verbas destinadas para a concretização de políticas públicas, com o nítido caráter eleitoral, é patentemente um afronte à sociedade”, escreveu o juiz na sentença.