A Procuradoria da República no Distrito Federal pediu à Justiça Federal em Brasília nova citação de Sidney Noberto Szabo, apontado por investigadores como operador de Eduardo Cunha, preso desde 2016 no Complexo Médico-Penal de Pinhais, no Paraná.

Sidney Szabo é suspeito de atuar no "quadrilhão do MDB" e investigado neste processo, onde políticos do MDB da Câmara dos Deputados são acusados de integrar uma organização criminosa.

Segundo o G1, o Ministério Público (MP) pede nova citação de Sidney Szabo sob pena de prisão, caso ele não seja localizado. O MP suspeita que o operador esteja se escondendo.

Os procuradores do caso relatam que no dia 23 de maio oficiais de Justiça foram ao endereço atribuído ao operador e receberam a informação da ex-mulher dele de que ela não sabia onde ele estava e que Szabo não morava mais no local.

O MP suspeita de que a ex-mulher de Sidney tenha sido orientada a não dar informações sobre o paradeiro do operador.

Comentários

25/07/2018

04:49

Alessandra - Rio de Janeiro

Foi notícia no Estadão: "Garotinho denuncia negócios da família Paes no Panamá". Como que um "político" desse se atreve lançar pré-candidatura para governador no Rio?

25/07/2018

11:38

Gabriel - RJ

Isso que o povo classifica de perseguição política num só dia em menos de três meses das eleições. "TRE-RJ mantém inelegibilidade de Rosinha Garotinho" (Fontre: UOL) -- "PGR pede que Garotinho seja julgado antes das eleições" (Fonte: Jornal O Globo)

26/07/2018

09:56

Silvana - Niterói

É muita cara de pau mesmo do ex-prefeito do Rio.

27/07/2018

10:52

maria - rio

E ai Garotinho é sempre assim quando chega perto eleições, a midia acaba com voce´principalmente a Globo. DITADURA PURA.

28/07/2018

09:29

Almir - Rio de Janeiro

Algumas mídias como sempre antes das eleições causando um massacre, manchando a imagem, pisando, maltratando na corvadia e perseguindo os bons políticos brasileiros que combate com rigor a corrupção neste país e também o crime organizado. Depois ainda tem outras grandes barreiras para passar os bons políticos, primeiro pelas pesquisas eleitorais algumas mentirosas e também passar pelo atual sistema de voto inseguro, desconfiável e desacreditado voto em urnas eletrônicas, apuração eletrônica e para piorar não tem o voto impresso para o eleitor, acabando com a possibilidade do candidato pedir recontagem dos votos.

30/07/2018

04:04

Eleitor e telespectador - Estado do Rio de Janeiro

Hoje vi e ouvi de novo falar a palavra "democracia" na programação do canal de notícia Globo News, mas como existir democracia na programação? Se na programação não fala o que a maioria do povo fluminense já sabe, ou seja, não fala que foi o ex-governador Anthony Garotinho que vem há anos denunciando e mostrando através de documentos e vídeos "A Gangue dos Guardanapos e Farra de Cabral", em Paris (Europa), um escândalo de corrupção safado que desviou milhões dos cofres públicos com Sérgio Cabral governador e Fernando Pezão como vice-governador.

03/08/2018

08:12

Eleitor - RJ

Acho melhor que, se puder, que o senhor seja candidato a Senador.