Há mais de 10 anos investigo jornalisticamente esta quadrilha cujo os líderes principais são: Sérgio Cabral, Jorge Picciani, Pezão e Eduardo Paes. É verdade que ela é bem maior! Dezenas de deputados federais e estaduais - a grande maioria dos partidos do Rio - braços estendidos sobre outros poderes que acabaram tendo setores corrompidos pela principal missão desse grupo: transformar dinheiro público em riqueza pessoal.
Fui eu que no ano de 2012 protocolei junto ao Ministério Público Federal em Brasília e depois reiterei a denúncia ao Procurador-Geral Rodrigo Janot, as trapaças, roubalheiras e todo tipo de corrupção que essa gente desavergonhada fez por mais de uma década levando o Estado à falência.
Inexplicavelmente, a Justiça Eleitoral retirou do Facebook a chamada de uma minissérie que preparei para esclarecer o povo do Rio que eles estão novamente unidos para disputar as eleições e prosseguir o saque aos cofres do Estado.
Claro, como toda organização criminosa com alguns chefes presos, tiveram que escolher outros para representá-los. Farão o famoso papel de "lobos vestidos de cordeiro" para que o povo seja mais uma vez iludido, como foi na última eleição, sem as informações necessárias para fazer o discernimento entre o patrimonialismo “da Gangue dos Guardanapos” e a verdade política que pode trazer de volta para o nosso Estado esperança, paz e prosperidade.
Ao deixar o povo desinformado, a Justiça presta um desserviço, pois além de se constituir censura, impede que o eleitor separe o "joio do trigo", o denunciante do denunciado quem se enriqueceu e deixou a população humilhada.
Por isso, vamos trazer ao público as fotos e vídeos que já foram revelados pelo meu blog e depois repetidos por veículos como revistas, TVs, utilizados em livros e filmes, e algumas informações inéditas como vocês poderão ver abaixo.

As primeiras imagens revelam o famoso jantar de comemoração da "Gangue dos Guardanapos" após a compra das Olimpíadas do Rio, no Restaurante do Hotel La Paiva na famosa e badalada Avenida Champs-Élysées, em Paris. Na primeira foto, o então prefeito Eduardo Paes está em destaque ao lado de Cabral.

EDUARDO PAES aparece ao lado de Sérgio Cabral, na mesma mesa que Arthur Soares - o Rei Arthur - no famoso jantar da GANGUE DOS GUARDANAPOS
EDUARDO PAES aparece ao lado de Sérgio Cabral, na mesma mesa que Arthur Soares - o Rei Arthur - no famoso jantar da GANGUE DOS GUARDANAPOS


Abaixo, Fernando Cavendish, dono da Delta, além dos então secretários Regis Fichtner, Wilson Carlos, Sérgio Côrtes, Júlio Lopes e outros nomes famosos da política fluminense. Nas fotos vemos ainda Adriana Ancelmo e outras esposas de políticos exibindo as "solas vermelhas" dos poderosos e caríssimos sapatos "Louboutin".

Nas imagens acima Cabral se diverte em Paris com Fernando Cavendish, dono da Delta, além dos então secretários Regis Fichtner, Wilson Carlos, Sérgio Cõrtes e Júlio Lopes (Fotos reveladas pelo Blog do Garotinho em 2012)
Nas imagens acima Cabral se diverte em Paris com Fernando Cavendish, dono da Delta, além dos então secretários Regis Fichtner, Wilson Carlos, Sérgio Cõrtes e Júlio Lopes (Fotos reveladas pelo Blog do Garotinho em 2012)


No Hotel de Paris, na cidade de Mônaco, Cabral janta ao lado de Côrtes, Bezerra, Adriana e Cavendish. O ex-governador marca o casamento do empreiteiro da Delta e comemora o aniversário de Adriana Ancelmo.





Cabral agora aparece em um vídeo e fotos no show da banda U2. O empreiteiro Fernando Cavendish também aparece com a noiva nas imagens. O secretário de Saúde, Sérgio Côrtes, também acompanha o programa.


Show da banda U2 no "Stade de France". Sérgio Cabral, Adriana Ancelmo, Sérgio Côrtes, esposa, Luiz Carlos Bezerra e esposa. Nas fotos inferiores eles aparecem fazendo um "lanche" após o show.
Show da banda U2 no "Stade de France". Sérgio Cabral, Adriana Ancelmo, Sérgio Côrtes, esposa, Luiz Carlos Bezerra e esposa. Nas fotos inferiores eles aparecem fazendo um "lanche" após o show.


Cabral, Cavendish e Sérgio Cortes fizeram um verdadeiro tour pela França com o dinheiro do povo. Nas fotos eles estão na cidade de Cannes, conhecida por sediar o festival do cinema mundial em que o prêmio concedido é a Palma de Ouro.
Por coincidência, o Restaurante em que estão jantando é o mais famoso da região, o LA PALME D'OR, localizado no Hotel Martinez, na Boulevard de La Croisette. A farra com dinheiro do povo continuou pelas ruas da famosa Riviera Francesa.


Regado a champanhe e vinho, sob o luar da Côte d’Azur - também chamada de Riviera Francesa, esta região é considerada uma das áreas mais luxuosas, caras e sofisticadas do mundo - a turma de Cabral posa para fotos. Nas imagens: Sérgio Côrtes com a esposa, Sérgio Cabral e Adriana Ancelmo, Fernando Cavendish (dono da Empreiteira DELTA) com a noiva, Luiz Carlos Bezerra (operador financeiro de Cabral) com a esposa.
Regado a champanhe e vinho, sob o luar da Côte d’Azur - também chamada de Riviera Francesa, esta região é considerada uma das áreas mais luxuosas, caras e sofisticadas do mundo - a turma de Cabral posa para fotos. Nas imagens: Sérgio Côrtes com a esposa, Sérgio Cabral e Adriana Ancelmo, Fernando Cavendish (dono da Empreiteira DELTA) com a noiva, Luiz Carlos Bezerra (operador financeiro de Cabral) com a esposa.

Passeio e mais vinho pelas ruas da Riviera Francesa. Luxo e ostentação com o dinheiro público.
Passeio e mais vinho pelas ruas da Riviera Francesa. Luxo e ostentação com o dinheiro público.


Dessa vez, o jantar tem Fernando Cavendish na cidade de Paris com Wilson Carlos, o poderoso secretário de Governo de Sérgio Cabral. Reparem no tamanho da carta de vinhos que Wilson Carlos está folheando para escolher a bebida no Restaurante La Tour d’Argent, cuja tradução para o português significa exatamente "A Torre de Prata". O restaurante é famoso por ter uma adega de mais de 500 mil garrafas. Não podiam estar em local mais apropriado para tratarem de seus assuntos.


Fernando Cavendish e o Secretário de Governo Wilson Carlos
Fernando Cavendish e o Secretário de Governo Wilson Carlos


E tinha gente que não acreditava no Garotinho. O povo precisa saber de toda a verdade sobre aqueles que saquearam os cofres do Rio.