Assistam abaixo ao discurso contundente de Garotinho, na tribuna da Câmara dos Deputados em 2012, onde além de falar das farras de Cabral, Cavendish e secretários, revela um episódio desconhecido da opinião pública sobre as perseguições que sofreu a mando de Cabral.


Comentários

17/08/2018

12:21

Flavia - Campos dos Goytacazes

Governador Estou assistindo o debate na Band! Por favor na próxima fala do interior do Rio Abc

17/08/2018

01:35

vigilante - rj

Quem estava com saudade dos "non sense" da Dilma, pode ficar tranquilo, o PT já arranjou outra, chama_ se Márcia Tiburi, não fala coisa com coisa, um verdadeiro fiasco no debate da Band.

17/08/2018

09:05

Marcel Silva - Macaé

Assisti ao debate entre os candidatos ao governo do RJ, entre eles, Garotinho. A impressão que tive foi de que era uma eleição para prefeito da capital tamanha a ênfase dos candidatos em resolver problemas da cidade. A minha pergunta é: E o interior? Será que novamente seremos esquecidos?

17/08/2018

02:04

Igor - Rio de Janeiro - RJ

O Romário é muito fraco, não tem conteúdo algum, nem reúne condições mínimas para governar nada. Parece ter tomado 6 comprimidos de Rivotril antes do debate. Chega a ser constrangedor. Por outro lado, Eduardo (nervosinho) Paes integra a quadrilha Cabral-Pezão-Picciani (PMDB). É patético. Não se sabe porque ainda está solto.

17/08/2018

03:38

Eleitora - RJ

Assisti o debate ontem do segundo bloco em diante pelo canal 7 e achei que o candidato Anthony Garotinho (PRP) falou tudo que tinha de ouvir também os amigos do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB). Achei que a candidata Márcia Tiburi (PT) pediria desculpa ao povo pelo motivo do governo do ex-presidente Lula (PT) ter começado dar mal exemplo de corrupção, desde o esquema de corrupção do Mensalão do PT denunciado pelo ex-deputado Roberto Jefferson, e o ex-presidente Lula não foi preso lá atrás no primeiro mandato porque maioria dos senadores estavam nas mãos do governo.