Nem eu ou Rosinha fomos acusados de desvio de dinheiro público ou enriquecimento ilícito.

Contra nós fizeram acusações eleitorais que partiram de pessoas acusadas de corrupção que se juntaram à quadrilha de Sérgio Cabral para proteger integrantes do Ministério Público e do judiciário Fluminense.

Somos perseguidos, não somos bandidos!

As denúncias que levaram a quadrilha do PMDB à prisão foram feitas por mim, desde 2012. Todos que acompanham a política do Estado do Rio sabem disso!

Essa é a verdade que parte da mídia tenta esconder e será revelada em detalhes no livro que estou terminando de escrever.

Comentários