Os integrantes do Ministério Público responsáveis pela investigação de corrupção no governo do estado consideram Wilson Witzel “peixe fisgado”, dado o volume de provas incriminatórias já colhidas. Segundo a coluna Radar de Veja, a gravidade das provas colhidas, na avaliação da PGR, vai provocar uma queda em série de figurões da política fluminense

Leia a nota:

Diante dos ataques da defesa de Wilson Witzel, revelados pelo Radar nesta segunda, investigadores da Procuradoria-Geral da República dizem que o movimento no STJ foi uma ação desesperada do governador.

Os investigadores tratam o governador do Rio como “peixe fisgado” nas investigações de corrupção nos gastos do governo na pandemia. E vão além.

A gravidade das provas colhidas contra Witzel, na avaliação da PGR, vai provocar uma queda em série de figurões da política fluminense.

“Witzel está fisgado. Com ele, vem muita gente junto”, diz um importante investigador ao Radar.

REPRODUÇÃO: AGENDA DO PODER

Comentários