Reprodução do Radar on line, da VEJA
Reprodução do Radar on line, da VEJA


Há certos atos que são sintomáticos. A contratação por parte de Cabral de uma assessoria de imprensa particular está nesses casos. Cabral conta com uma equipe de mais de 50 jornalistas e fotógrafos que divulgam o que ele faz. Aliás, para o que Cabral faz já é gente demais, afinal vive sem agenda ou viajando. Além disso, conta com 6 agências de publicidade para cuidarem da propaganda e da imagem do seu governo. Tem praticamente a mídia toda do Rio a seus pés, que lhe garante blindagem máxima.

Com tudo isso pretende gastar milhões para contratar uma assessoria de imprensa particular, o que é absurdo, vai “torrar” mais uma fortuna, do dinheiro público. Mas por outro lado, é sinal de que está esperando “chumbo grosso” senão não precisaria de reforço pra cuidar da sua imagem. Está se preparando para uma guerra.

Bem, só quero dizer aqui uma coisa. O governador Sérgio Cabral tem ao seu dispor um verdadeiro exército de jornalistas, publicitários e marqueteiros. Pode contratar mais ilusionistas, magos dos efeitos especiais e mágicos. Se a Polícia Federal não recuar nas investigações e não abafar o que já descobriu, nada disso fará diferença, porque nenhum milagre o salvará.

Comentários