No dia 6 de janeiro denunciei aqui, com exclusividade, que no finalzinho de dezembro passado, o Ministério Público denunciou o empresário Arthur Cesar de Menezes Soares Filho, o “Rei Arthur”, grande amigo de Cabral, por fraudes em licitações no DETRAN e o uso de concorrentes laranjas. Só no ano passado e apenas no DETRAN, o Rei Arthur ganhou contratos que chegaram a R$ 800 milhões. A imprensa escondeu a denúncia do MP, mas eu revelei no blog, como poderão ver no final desta nota.

Assim mesmo, com a denúncia do MP, a empresa FACLITY STAFF ganhou na semana passada (dia 18) mais um contrato de R$ 11.733.000 para cuidar do Data Center do DETRAN por 12 meses. Confiram abaixo, que depois vou acrescentar mais informações.


Mais uma licitação ganha pelo Grupo Facility, na semana passada
Mais uma licitação ganha pelo Grupo Facility, na semana passada



O Sindicato das Empresas de Informática do Estado do Rio de Janeiro pediu a impugnação da licitação, mas é claro, que foi indeferido.

Aliás, na segunda-feira, o governador Sérgio Cabral mentiu mais uma vez para a imprensa. Ao anunciar a convocação de 400 concursados para o DETRAN encheu a boca pra falar que acabaram as terceirizações no órgão. Três dias antes, na sexta-feira, foi quando o Grupo Facility, do Rei Arthur ganhou a nova licitação. Quem procurar o edital vai ver que serão contratados mais 209 funcionários terceirizados. Continua tudo na mesma e o mar de lama só faz crescer.


Em tempo: Vejam abaixo a denúncia que fiz no dia 6 de janeiro.

Clique na imagem para ampliar
Clique na imagem para ampliar

Comentários