Reprodução da coluna de Cláudio Humberto
Reprodução da coluna de Cláudio Humberto


Essa notícia do jornalista Cláudio Humberto é “a melhor” do carnaval. É pra entalar na garganta. Cabral e seu secretário de Transportes, Julio Lopes compraram trens mais altos do que os túneis que levarão o metrô até a Barra da Tijuca, a Linha 4.

Pra começar, especialistas criticaram a mudança do traçado e o projeto por ser caro demais. Na verdade a obra custará R$ 5 bilhões (no texto saiu milhões, mas são bilhões).

Ou seja, milhões e milhões serão jogados fora. Ou se muda o projeto, sendo que os túneis já começaram a ser construídos, podem imaginar o que isso representa em termos de custo, ou então, a opção será esses novos trens serem usados até Ipanema e lá, fazer baldeação para outro trem que terá que ser comprado. De qualquer maneira esse absurdo vai custar uma fortuna aos cofres públicos.

Em qualquer lugar sério do mundo, diante dessa aberração, o secretário Julio Lopes estaria demitido na hora. Mas nos tempos que vivemos no Rio de Janeiro é possível até que receba de Cabral um tapinha nas costas. É inaceitável um absurdo desses. Mas, como diria o mineiro: "Êta trem bão".


Em tempo: Não custa lembrar que os trens novos do metrô que foram prometidos para o ano passado, só no próximo verão.

Comentários