Luiz Roberto de Menezes Soares (o da seta amarela) é o irmão do Rei Arthur, na foto ao lado do pai que também se chama Arthur Cesar e deu início aos negócios da família
Luiz Roberto de Menezes Soares (o da seta amarela) é o irmão do Rei Arthur, na foto ao lado do pai que também se chama Arthur Cesar e deu início aos negócios da família


Como puderam ver na foto acima, Luiz Roberto de Menezes Soares, irmão do Rei Arthur também surge das sombras, uma vez que muitos sequer sabiam da sua existência. Ele também é empresário com negócios milionários com o governo Cabral. Ele é dono da Cor e Sabor Distribuidora de Alimentos e da Lubru Construções, fora outras participações. Até outubro deste ano já recebeu em dinheiro R$ 186,6 milhões só do governo Cabral. É o fiel escudeiro do Rei Arthur nos negócios. Ganhou muito, mas nada que chegue perto do irmão que até outubro já tinha recebido de Cabral R$ 1 bilhão e 248 milhões. Observem que estamos falando de valores efetivamente pagos até outubro. Não entram nessa conta contratos que ainda não foram pagos e outros que já foram assinados, mas ainda em execução. Se tudo for somado, o que já foi pago e o que está contratado vamos chegar a quase R$ 2 bilhões até o final deste ano, uma boa parte sem licitação.

Por que a Facility Participações virou KB Participações?


Arthur Cesar de Menezes Soares Filho, o Rei Arthur
Arthur Cesar de Menezes Soares Filho, o Rei Arthur


Para vocês entenderem o Grupo Facility está com o nome atrelado às negociatas com Cabral. Por isso para não chamar a atenção mudou de nome. E tive hoje a informação de que KB, na verdade significa Key Byscaine, o paraíso dos milionários em Miami, onde o Rei Arthur tem a sua mansão cinematográfica.

Mas comprovem abaixo os pagamentos feitos pelo governo Cabral às empresas de Arthur Cesar de Menezes Soares Filho, o Rei Arthur e do cavaleiro da Távola Redonda, o seu irmão Luiz Roberto de Menezes Soares. Os negócios não param de crescer e os irmãos estão tomando conta do governo estadual.


Dados oficiais do site da Secretaria Estadual de Fazenda, até outubro de 2011 (Clique na imagem para ampliar)
Dados oficiais do site da Secretaria Estadual de Fazenda, até outubro de 2011 (Clique na imagem para ampliar)


Comentários

02/03/2016

11:12

Walter Kovalski - Porto Alegre

Estou impressionado. Entre os anos de 1984 e 1986, quando morei no Rio de janeiro, trabalhei para a família Menezes Soares. Primeiramente trabalhei para o Luiz Roberto em um canil seu na Rua Comandante Júlio de Moura, Na Barra, onde era vizinho do "Zico" (Galinho de Quintino). Depois trabalhei para o Arthur pai, em sua antiga mansão na Tijuca como caseiro durante o dia e à noite como mordomo. Nunca recebi mais do que um salário mínimo, pois alegavam que me davam moradia e comida, se é que o que me davam para comer poderia ser considerado como refeição decente. Concluindo, naquela época eles já eram ricos, no entanto com essas notícias e esses números... Sem mais comentários.

07/09/2017

11:56

Virginia Reis - Rio de Janeiro

Meu Deus! Até que enfim pegaram ou pegarão esses ladrões deslavados. Procurem malas de dinheiro também. Com certeza, acharão mais domque no ap. Do Geddel. Não consigo aceitar essa gente podre...