Reprodução da Folha de S. Paulo
Reprodução da Folha de S. Paulo



A ida do ex-deputado Cândido Vaccarezza que deixou o PT e foi para o PTdoB é só mais um capítulo na debandada das hostes petistas, mas é revelador. Vaccarezza foi líder dos governos Lula e Dilma na Câmara dos Deputados. Se notabilizou por aquela troca de mensagens de texto com Sérgio Cabral na época da CPI do Cachoeira quando tranquilizou o então governador que temia ser convocado para explicar os negócios com a Delta: "Você é nosso e nós somos teu(sic)". Vaccarezza assumiu a presidência do PTdoB em São Paulo e vejam a sua primeira iniciativa, quer trocar o nome do partido porque acha que muita gente relaciona a sigla ao PT. Pretende mudar para Nova Democracia porque não quer que a sigla tenha as iniciais PT. É o ônus da desmoralização. E podem se preparar que a partir de janeiro com o fim do mandato de dezenas de prefeitos petistas a debandada será ainda maior do que a de 2016.