Protesto de mulheres de policiais na frente do 6º batalhão (Tijuca)
Protesto de mulheres de policiais na frente do 6º batalhão (Tijuca)

Pode ter havido algum excesso ao esvaziarem pneus de viaturas, mas fora isso, pelas informações que chegaram ao nosso blog, o primeiro dia do movimento das mulheres dos policiais militares foi de protestos pacíficos e ordeiros, onde elas mostraram o companheirismo indo à luta pelos maridos que não podem fazer greve. O policiamento foi reduzido em várias regiões, nada de 95% na rua como mentiu o porta-voz da PM. As mulheres prometem continuar o movimento neste sábado. Mas não posso deixar passar em branco a declaração absurda do secretário de Segurança Pública, Roberto Sá que usou a imprensa para pedir às mulheres dos policiais militares para terem paciência. Paciência? Sem 13º salário, sem salário de janeiro, que só sai na terça-feira, sem as horas-extras da Olimpíada, sem a gratificação por metas do 2º semestre de 2015, e sem condições de trabalho, não há como ter paciência. Era melhor o secretário ficar de boca fechada. A falta de habilidade do secretário é espantosa, só serviu para acirrar ainda mais os ânimos.