Cabral, Adriana Ancelmo, Wilson Carlos, George Sadala, entre outros, na farra do Hotel Ritz, em Paris
Cabral, Adriana Ancelmo, Wilson Carlos, George Sadala, entre outros, na farra do Hotel Ritz, em Paris

Sérgio Cabral está completando quatro meses preso em Bangu 8, junto com alguns integrantes de sua quadrilha, enquanto outros são investigados. Há seis anos, no entanto, tudo era festa. Cabral tinha blindagem total na mídia, podia fazer o que quisesse, inclusive farras com a Gangue dos Guardanapos, liderada por Fernando Cavendish, da Delta, em Paris. Cabral, Adriana Ancelmo e seus amigos cantavam, dançavam, bebiam champanhe e vinhos caríssimos, comiam nos melhores restaurantes da Europa e dos Estados Unidos, torravam nosso dinheiro em joias e roupas de grife. Eram os anos dourados, que não voltam mais.