Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online

Não sei se Sérgio Cabral é o maior ladrão de dinheiro público da história do Brasil. Mas com certeza, nunca antes na história do Estado do Rio de Janeiro tivemos alguém que chegasse perto de Cabral no saque aos cofres públicos. Agora já são nove processos em que é réu, mas podem estar certos que não para por aqui. E se a força-tarefa da Lava Jato no Rio investigar todos os esquemas de corrupção do seu governo, aí é imprevisível o número de processos. Hoje Cabral prestará novo depoimento ao juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro, no processo da Operação Calicute, que deve ter sentença em julho. Já o processo que responde em Curitiba deverá ser concluído em junho, com a primeira condenação do ex-governador.