Posse do novo ministro da Justiça, Torquato Jardim
Posse do novo ministro da Justiça, Torquato Jardim

Fora do campo jurídico esta semana revelou claramente como o governo Temer está perdendo o apoio do Congresso em ritmo acelerado. O maior exemplo foi a posse do novo ministro da Justiça, Torquato Jardim. Nunca vi uma posse de ministro da Justiça tão desprestigiada, havia até cadeiras vazias na primeira fila. Nem o presidente da Câmara, Rodrigo Maia nem o do Senado, Eunício Oliveira deram as caras. O convidado de honra era José Sarney. Os parlamentares do PSDB também não apareceram. Está todo mundo esperando o julgamento da chapa Dilma - Temer, que acontecerá na próxima semana para dar um tchau a Temer.

Além disso, a votação da reforma trabalhista na comissão especial do Senado foi adiada a pedido do próprio governo porque sabia que não tinha votos suficientes. E a tentativa do presidente Michel Temer de destituir Renan Calheiros da Liderança do PMDB no Senado foi um tremendo fiasco. Renan continua onde está, mesmo com o ultimato presidencial.

O governo Temer, mais impopular até que o de Dilma, vinha se sustentando pelo apoio do Congresso. Mas até esse apoio está desmoronando. Falta só um empurrãozinho para Temer deixar o Palácio do Planalto pela porta dos fundos.