Reprodução do Globo
Reprodução do Globo

A Polícia Federal está nas ruas caçando o empresário Arthur César de Menezes Soares Filho, que ficou conhecido pelo apelido que o nosso blog criou há quase 10 anos, o Rei Arthur, por ser o rei das terceirizações no estado, faturou mais de R$ 3 bilhões dos governos Cabral / Pezão. Além da roubalheira no Rio, o Rei Arthur é acusado pelo Ministério Público do França de ter comprado votos subornando integrantes do Comitê Olímpico Internacional para o Rio de Janeiro ser escolhido como sede das Olimpíadas. O empresário estaria em Miami onde tem uma mansão cinematográfica já revelada aqui no blog.

A Lava Jato também está indo em cima do presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman, que terá muita coisa para explicar à Polícia Federal.

Demorou, mas a hora do Rei Arthur prestar contas à Lava Jato chegou.