Reprodução do Extra
Reprodução do Extra

A resposta à pergunta-título nós deveremos saber na quarta-feira quando as contas de Pezão de 2016 forem votadas no plenário da ALERJ. Em caso de reprovação, Pezão responderá por crime de responsabilidade, e, teoricamente será aberto o processo de impeachment. Digo teoricamente, porque da atual composição da ALERJ podemos esperar de tudo. Vale lembrar que as contas já foram reprovadas por unanimidade no Tribunal de Contas do Estado e não há nenhum argumento que justifique sua aprovação, a não ser preservar Pezão e abonar a roubalheira que quebrou o nosso estado. Na votação ficará claro quais são os debutados que estão no bolso do governador. Na Comissão de Orçamento, foi aprovado parecer pela aprovação com votos dos deputados Edson Albertassi (relator), Paulo Melo (presidente) e Pedro Fernandes, todos do PMDB, além de Milton Rangel (PSD). E, claro, vamos mostrar aqui no blog o nome e as caras de quem trair o povo e os servidores mais uma vez.