Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online

Essa CPMI da JBS vai se prestar à sonhada vingança de Michel Temer, do PMDB e do PSDB contra, principalmente, Rodrigo Janot. Vão com a faca nos dentes para cima de Janot, que já será ex-PGR quando for convocado, e, se puderem vão devorar Joesley Batista, Ricardo Saud e a JBS. E com um detalhe muito importante, que a CPI, por conta da mudança da legislação, além da quebra dos sigilos bancário, telefônico e fiscal, poderá pedir a prisão e medidas de busca e apreensão contra investigados.

O presidente da CPI é o senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO). Será o representante de Aécio Neves na vendeta (vingança) contra Janot. E o relator, esse mostrado na imagem acima, Carlos Marun (PMDB-MS), o mais aguerrido soldado das tropas de choque de Eduardo Cunha e, depois, de Michel Temer.

Podem se preparar que não vão faltar emoções, aliás, nem ódio, nessa CPI. Mas não dividem se, apesar de tudo, ainda apareçam parlamentares tentando negociar vantagens por baixo dos panos com Joesley Batista e a JBS. Afinal, CPI no Brasil, sabem como funciona...