Vamos ver se o Senado vota mesmo hoje o afastamento de Aécio Neves. O requerimento está na pauta de hoje, porém com a decisão da Justiça Federal de Brasília, confirmada por liminar do ministro do STF, Alexandre de Moraes, de que a deliberação terá que ser por votação aberta e nominal, já há um grupo aliado de Aécio defendendo que a decisão seja adiada. As contas indicam que embora o clima esteja ainda favorável a Aécio, não estão garantidos os 41 votos necessários. O voto aberto pode fazer com que alguns senadores votem pelo afastamento para não se exporem negativamente perante seus eleitores. Reuniões e negociações estão a pelno vapor. Vamos ver no que vai dar.