Ministro Torquato Jardim; abaixo reprodução do Antagonista
Ministro Torquato Jardim; abaixo reprodução do Antagonista
Conheço o ministro da Justiça, Torquato Jardim, um jurista renomado e sério. Mas acho que ele deveria escalar alguém de sua confiança para lhe passar informações sobre a realidade do Rio de Janeiro. Deve estar ouvindo o secretário de Segurança Pública, Roberto Sá, o Rolando Lero, que conta muita historinha, mas está por fora de tudo. Nada mais distante da realidade carioca do que o cenário traçado pelo ministro.



Comentários

25/10/2017

07:11

carioca - rio de janeiro

Aqui no RIO RJ não existe "bala perdida", a bala é ACHADA em pobre ou policial.Os políticos trocaram os agentes credenciados para o exercício da função de segurança, pelos milicianos com muitos votos.O pior do RIO é a SONEGAÇÃO FISCAL do ICMS impactando no IRPF e no IRPJ.Trabalho informal até com segurados do INSS. Comércio intenso de Alimentos impróprios para consumo humano. Na rua São Francisco Xavier( TIJUCA) os vigilantes usam rede privada de celulares para reunir asseclas e ameaçarem consumidores. As drogas ilícitas, armas e outros crimes se aproveitam dessa baderna fiscal implicando falta R$ de segurança. Vigilantes avisam da proximidade dos órgãos públicos e policiais militares garantindo o mercado de produtos sem documentos legal.A prova disso é que os bandidos se escondem com a presença da polícia militar e somem os caminhões com carga roubada.

31/10/2017

05:45

Carlos Campista - Rio de Janeiro

É um vagabundo que faz parte da quadrilha que está roubando e entregando toda riqueza do país.