Neste sábado comemorou-se o Dia do Servidor Público, que no caso dos servidores estaduais é mais um dia de luto do que confraternização. Em 2011 os bombeiros do Rio de Janeiro iniciaram um movimento por melhores salários e condições de trabalho. O então governador Sérgio Cabral mandou massacrar os bombeiros. Colocou o BOPE para investir contra bombeiros e familiares que protestavam. Os líderes foram presos e levados para Bangu, tratados como criminosos, e vários foram expulsos da corporação. Entre os que lideraram o movimento estava o subtenente Valdelei, que chegou a se abrigar na minha casa. Ontem ele foi para a porta do presídio vip de Benfica para protestar contra Sérgio Cabral e fazer seu desabafo por todas as perseguições que sofreu. Foi aplaudido por familiares de outros presos.

Aproveito para saudar todos os servidores públicos, que sabem muito bem, que foram tratados com dignidade por mim, além de nunca terem recebido salário com atraso.

Comentários

29/10/2017

05:28

marco bittencourt - bsb

Me lembrou a minha pregação em frente ao BACEN quando da minha candidatura a Deputado Federal em 2006. Manda bala tenente!

29/10/2017

06:36

Carlos Augusto Nogueira - CARLÃO - RJ

Garotinho pagou os funcionário público ativos, inativos e pensionistas rigorosamente em dia. Mesmo tendo herdado o governo com salários e 13° atrasados Garotinho regularizou os salários dos funcionários. Diferente de Pezão que humilha os funcionários públicos e seus familiares atrasando, parcelando os pagamentos sem pagar dois 13°, de 2016 e 2017. O Natal dos funcionários públicos e familiares foi de dívidas e tristezas. Depoimento de um funcionário público Carlos Augusto Nogueira.

30/10/2017

10:57

Papa Goiaba - SG

Seria o Cabral um psicopata? A maneira como ele se comporta, extremamente autoritário, parece coisa de gangster. Agora, tendo perdido o poder, pelo menos parte dele, parece sofrer da síndrome de Napoleão, até para ameaçar um juiz, que dirá com os servidores... Ainda bem que está tendo a merecida cadeia! Já é um pequeno alento para as vítimas desse criminoso contumaz, ou seja, para todos os moradores do Estado do RJ.

31/10/2017

08:44

marlene Freitas pontes - Rio De Janeiro

Sou servidora pública do estado do Rio de Janeiro nos estamos passando fome