Reprodução do Facebook
Reprodução do Facebook

Os servidores estaduais querem colocar 100 mil pessoas na porta da ALERJ. Diante do calote de Pezão seria de se esperar um número expressivo de manifestantes, afinal existem mais de 450 mil servidores da ativa, inativos e pensionistas. Mas a falta de combatividade de alguns sindicatos que representam determinadas categorias do funcionalismo atrapalha o movimento dos servidores. O PMDB contaminou várias instituições, incluindo representantes dos trabalhadores. O pessoal da Segurança diz que vai em peso.