Charge de Latuff e a capa do jornal Extra
Charge de Latuff e a capa do jornal Extra

Essa manchete tem dois sentidos. Primeiro porque os 39 deputados estaduais que votaram pela soltura dos deputados Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi envergonharam o Rio. E depois porque muita gente nas redes sociais está se dizendo envergonhada diante da bandalheira que tomou conta do Rio de Janeiro. Um pouco talvez, acredito eu, porque o confronto com a realidade do assalto aos cofres públicos praticado pelo PMDB e a quadrilha de Cabral, com todas as ilegalidades e redes de proteção para lhes garantir impunidade, faz com que muitos se envergonhem de não terem percebido nada, de terem se deixado levar pelo marketing e acreditado que o Rio de Janeiro vivia a "Era de Ouro", como colocou o Globo numa manchete da capa. Cansei de denunciar a roubalheira, mostrar a corrupção desenfreada sem que me dessem ouvidos, muitos até duvidavam, mas reconheço que a blindagem da mídia, o bombardeio do marketing taparam os ouvidos e os olhos da maior parte da população.

Aliás, o cartunista Latuff, do Brasil 247 nos enviou essa charge feita para o nosso blog, agradeço desde já, que retrata o que eu disse. Até o Cristo Redentor se sente envergonhado. É realmente muito triste, é importante e legítimo que as pessoas manifestem sua revolta nas redes sociais, mas é preciso se conscientizar que não vamos mudar o nosso estado, dar um basta nessa situação degradante que vivemos, apenas expressando o descontentamento, a indignação apenas via Facebook, Whatsapp e Twitter.