Reprodução do Diário Oficial
Reprodução do Diário Oficial

Não deixem de ler a reprodução do blog, de novembro do ano passado, quando compareci a audiência no processo onde o ex-secretário José Mariano Beltrame me acusa de calúnia por denunciar as maracatuaias que aconteceram sob seu comando.

Na matéria relato o esquema de espionagem (arapongagem) montado por Sérgio Cabral e Beltrame para produzir dossiês contra mim e outros adversários. Em 2014 denunciei esse cidadão exonerado anteontem do cargo de Assessor Especial da Secretaria da Casa Civil, que assessora diretamente o governador. Aliás, conforme pode conferir acima, Tarimar Gomes Cunha é escrivão da Polícia Federal. O que vocês acham que ele fazia como "assessor especial" no Palácio Guanabara?

Mas notem que o araponga Tarimar, mesmo denunciado por mim em 2014, somente esta semana foi exonerado, quatro anos depois. Ou seja, não foi apenas Sérgio Cabral que utilizou seus serviços de espionagem, Pezão também.



Reprodução do Blog do Garotinho (Novembro de 2017)
Reprodução do Blog do Garotinho (Novembro de 2017)