Reprodução de O Dia
Reprodução de O Dia

Finalmente apareceu mais um personagem, denunciado aqui no blog em 2013, portanto há 5 anos, que é integrante notório da quadrilha de Sérgio Cabral. Trata-se do empresário do sul fluminense Ronald de Carvalho.

Em depoimento ao juiz Marcelo Bretas, o ex-secretário de Saúde, Sérgio Côrtes entregou mais um esquema de corrupção que rendeu dinheiro de propinas ao atual governador Pezão, envolvendo as UPAs de lata. Côrtes diz que foi apresentado por Pezão ao empresário Ronald de Carvalho, que recebeu R$ 45 milhões em incentivos fiscais.

Em 2013, conforme podem ver abaixo, denunciei os esquema de roubalheira encabeçado por Ronald de Carvalho, amigo há 40 anos de Pezão. Inclusive, revelei um episódio inacreditável. A inauguração de uma metalúrgica fantasma em Valença, com a participação de Cabral, Pezão e do deputado estadual André Corrêa, que é da cidade. A metalúrgica, mesmo sem produzir nada, nem ter maquinário, ganhava todas as licitações para o fornecimento de contêineres para as UPAs e UPPs do estado.

Não deixem de clicar no link no pé desta postagem, que todos os esquemas estão lá, incluindo os incentivos fiscais. Vocês vão ficar perplexos como nenhuma autoridade do estado se dignou a investigar o esquema, e como a imprensa abafou tudo. É chocante!

Aliás, me contaram que desde o depoimento de Côrtes ao juiz Bretas, o deputado André Corrêa está à base de calmantes. Por que será? E o ex-secretário Beltrame também deve estar com os nervos à flor da pele.

Reprodução do Blog do Garotinho (2013)
Reprodução do Blog do Garotinho (2013)


Vejam na íntegra o esquema do empresário Ronald de Carvalho