O MPF (Ministério Público Federal) denunciou à Justiça Federal de Brasília o empresário Joesley Batista, dono do grupo J&F, e mais 5 pessoas por crimes como corrupção passiva, ativa, embaraço a investigações e lavagem de dinheiro.

A denúncia foi apresentada ao TRF-1 (Tribunal Regional Federal da 1ª Região) no dia 27 de abril. A relatora do caso é a desembargadora Mônica Sifuentes.

A denúncia foi apresentada apesar do acordo de delação premiada assinado no início do ano passado entre Joesley, Francisco de Assis e a PGR (Procuradoria Geral da República) estar em vigência. A rescisão da delação já foi pedida pela PGR, mas ainda não foi homologada pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal.

Comentários