Várias cidade do Estado do Rio de Janeiro enfrentam falta de combustíveis devido à greve dos caminhoneiros, que chega ao terceiro dia. O diesel não chegou às garagens de ônibus, e motoristas enfrentaram filas em vários postos na madrugada desta quarta-feira.
O trânsito chegou a ser interrompido no início da manhã, na Avenida Brasil. Às 7h, os manifestantes ocupavam apenas uma faixa, mas o congestionamento na via era grande.

Eles protestam contra o preço do diesel e os impostos que incidem sobre os combustíveis. Eles reclamam também dos frequentes reajustes que fazem parte da política de preços da Petrobras, em vigor desde julho.

Na Ceasa, alguns alimentos já registram alta nos preços por causa da dificuldade no transporte. Os comerciantes afirmam que muitas mercadorias estão presas nas estradas e não chegam ao Rio.

Comentários

24/05/2018

12:52

Aroldo - RJ

O presidente Temer (MDB) ou governo Temer tem o dever de resolver rápido para acabar com essa greve dos caminhoneiros no Brasil, até porque alguns caminhões prestam serviços para hospitais, Bancos, Ceasa... O Brasil não pode parar. Cadê o Exército ou Forças Armadas para tirar esses manifestantes e pessoal dos sindicatos das rodovias para liberar os caminhões?

24/05/2018

02:02

Altair - O que pode acontecer mas o cidadão do bem torce pñ acontecer com greve

Com greve em todo país dos caminhoneiros, cargas de combustível por exemplo, os motoristas correndo risco de ser assaltados parados nas estradas e carga ser roubadas pelos vagabundos bandidos daqui do Brasil e também por muitos estrangeiros que entraram ilegalmente no país pelas fronteiras terrestres e marítimas.

24/05/2018

02:28

Vanilda - Copacabana

É bom alertar toda mídia nacional para lembrar o atual presidente que este ano tem eleição até para eleger o novo Governador do Estado do Rio de Janeiro. Portanto, Rio de Janeiro e demais municípios e distritos não pode parar principalmente por falta de combustível.

24/05/2018

08:09

Denise - É isso aí não pode parar nosso Brasil

https://m.extra.globo.com/noticias/economia/liminar-autoriza-uso-das-forcas-armadas-para-retirar-caminhoneiros-da-br-101-22712891.html