Visitantes online: 3
logo topo

domingo, 22 de setembro de 2019

18/03/2018

10:58

Os arapongas monitoram Lula

Lula discursando na quinta-feira, no Fórum Social Mundial, em Salvador; abaixo falando aos metalúrgicos durante greve no ABC paulista nos anos 1970
Lula discursando na quinta-feira, no Fórum Social Mundial, em Salvador; abaixo falando aos metalúrgicos durante greve no ABC paulista nos anos 1970
Informa a coluna de Lauro Jardim, no Globo, que a Abin (Agência Brasileira de Inteligência) monitora as "movimentações em torno da organização de protestos" do PT e outros partidos de esquerda, por conta da previsível decretação da prisão de Lula. A Abin teme o comprometimento da "segurança da sociedade e do Estado".

Repete-se quatro décadas depois o que o então SNI (Serviço Nacional de Informações) e seus órgãos subordinados, no último governo militar (general João Figueiredo) faziam com Lula, quando nos anos 1970 despontou como líder metalúrgico, acabando preso pela ditadura em 1980. A história mostra que Lula sairia dali e acabaria fundando o PT, que, com erros e acertos, mudou o Brasil.

Quem conhece os protocolos dos "arapongas" sabe que quando falam em monitoramento, leia-se também infiltração nos partidos e movimentos que apoiam Lula. Na ditadura também eram "plantados" agitadores profissionais, basta lembrar do Cabo Anselmo.

E não custa recordar, já que estamos relembrando os "anos de chumbo", que assim como no passado tínhamos a TFP (Tradição, Família e Propriedade), liderada por Plínio Corrêa de Oliveira, hoje temos uma versão mais raivosa e truculenta da TFP, encarnada por Jair Bolsonaro e seus discípulos.

Só não vejo nas Forças Armadas hoje, as "vivandeiras dos quartéis" conspirando para tomar o poder.

17/03/2018

13:33

Radicalismo e incoerência do Psol

Marcelo Freixo e Tarcísio Motta
Marcelo Freixo e Tarcísio Motta
Não vou politizar o assassinato da vereadora Marielle Franco. Vou passar ao largo do episódio. O que quero mostrar é como o radicalismo e a incoerência do Psol não contribuem para a solução da crise da segurança pública do nosso estado.

O Psol entrou com uma ação no STF para acabar com a intervenção na segurança pública. Pois bem, eu sempre defendi a intervenção geral, não apenas na segurança. Já disse aqui que para mim o caminho não é intervenção, mas sim a federalização da segurança pública como acontece no Distrito Federal, onde é o governo federal que banca os gastos. É um dívida da União com o Rio de Janeiro, que já foi a capital do país.

O que não entra na minha cabeça é a argumentação do Psol na ação junto ao STF. Segundo o partido, o decreto do presidente Michel Temer não apresenta dados claros sobre o "grave comprometimento da
da ordem pública". Alto lá, o Psol tem dúvidas de que a "ordem pública" no Rio está completamente comprometida? Que argumento mais estapafúrdio.

E a outra questão é que o deputado Marcelo Freixo e o vereador Tarcísio Motta, assim como os demais psolistas, defendem a extinção da Polícia Militar. Será que tiveram a responsabilidade de pensar o que aconteceria no dia seguinte à publicação do decreto acabando com a PM? Com certeza não tiveram esse bom senso.

Como os psolistas só sabem criticar, mas não apontam soluções práticas, só caminhos cor de rosa, longe do mundo real, eu vou ponderar.

Uma opção seria aposentar de uma só vez 45 mil policiais militares da ativa. O problema é que no mês seguinte a Previdência estadual quebraria de vez.

Ou para o Psol a saída seria demitir os 45 mil? Bem, nessa hipótese o que vocês pensam que esses 45 mil PMs iriam fazer da vida?

O deputado Marcelo Frouxo é um demagogo, que nunca teve coragem de me encarar num debate. Cansei de convidá-lo para debatermos num live no Facebook, mas sempre fugiu. Já o professor Tarcísio Motta, candidato do Psol ao Governo do Estado, é boa praça, mas não compreende que segurança pública não é bloco de carnaval onde as pessoas se fantasiam de policial e bandido. É preciso acordar para a realidade.

16/03/2018

14:30

Neste sábado (16/03) tem Fala Garotinho na Rádio Tupi, de 06h às 08h

Não se esqueçam que amanhã tem o Fala Garotinho, que vai estar quente, com muitos assuntos importantes.

Vocês podem acompanhar o programa em AM - 1280 ou FM - 96,5. Também podem acompanhar pelo site www.tupi.am ou pelo aplicativo da Tupi, baixando no seu celular.

Estou esperando por todos vocês.

16/03/2018

12:01

O assassinato de Marielle e a intervenção na segurança

É inaceitável o assassinato da vereadora Marielle Franco.

É inaceitável a exploração política do trágico crime para qualquer lado.

É inceitável a matança de inocentes e policiais militares.

É inaceitável que a intervenção militar, após um mês, não tenha produzido resultados práticos.

O que está por detrás do assassinado ainda não sabemos, esperamos que a polícia elucide tudo

Só sabemos que a intervenção na segurança pública do Rio foi uma jogada de marketing, com objetivos eleitorais, sem nenhum planejamento, tanto assim que o Exército ainda está fazendo levantamentos.

O que nós esperamos é que a pressão da sociedade indignada com o assassinato de Marielle produza algum efeito concreto, que traga resultados positivos para a segurança da população.

#mariellepresente

16/03/2018

06:02

Conversa Franca com Garotinho

15/03/2018

18:55

Exclusivo! Ralph Manhães, um juiz parcial e injusto

15/03/2018

12:04

Quando Ricardo Teixeira será preso?

Reprodução da Folha de S. Paulo
Reprodução da Folha de S. Paulo
O ex-todo poderoso da CBF, Ricardo Teixeira é mais um dos que eu denunciei há muito tempo, revelando os esquemas de corrupção no comando do futebol brasileiro. O cerco ao ex-capo da CBF está sendo fechado pelo FBI e o Departamento de Justiça dos Estados Unidos, pelo Ministério Público da França, e agora pelas autoridades judiciária de Andorra, paraíso fiscal europeu.

Mas aqui no Brasil as autoridades de todas as esferas continuam poupando Ricardo Teixeira. Por que será? Aqui nada se investiga da roubalheira. Mas, ainda que demore, Teixeira acabará preso, assim como Marco Polo Del Nero, juntando-se a José Maria Marin, que já está preso em Nova Iorque.

14/03/2018

20:45

Garotinho comenta retratação do juiz Glaucenir de Oliveira

14/03/2018

19:57

A desculpa esfarrapada do juiz Glaucenir de Oliveira

Reprodução do Diário da Planície
Reprodução do Diário da Planície
Vejam só, morro e não vejo tudo. Na sua sanha contra mim e minha família, o juiz Glaucenir de Oliveira não se conformou com a decisão superior que restabeleceu a justiça e mandou me soltar no final do ano passado. Gravou um áudio onde simplesmente disse: “Gilmar não tem vergonha na cara”. Foi mais longe, ultrapassando todos os limites da postura que se exige de um juiz, quando afirmou que "a quantia foi alta", "a mala foi grande" para me soltar.

Pois, agora ele se retrata e, pasmem, afirma: "Registro que em nenhum momento tive a intenção de denegrir sua honra (de Gilmar Mendes)". Imagina se tivesse!


14/03/2018

14:08

Exclusivo! Delegado Paulo Cassiano prende e arrebenta, mas só os adversários

14/03/2018

12:01

As velocidades da Lava Jato

Reprodução de O Dia
Reprodução de O Dia
É só uma constatação que salta aos olhos. Os inquéritos e processos da Lava Jato que envolvem o PT seguem um ritmo muito mais acelerado do que aqueles que miram políticos do PSDB. No caso de Lula parece que engataram a quinta marcha. Quando se trata das acusações contra Aécio Neves, José Serra e Geraldo Alckmin não vou dizer que engatam marcha a ré, mas não passam da segunda marcha.


13/03/2018

22:00

Conversa Franca com Garotinho

13/03/2018

20:03

A bomba de Renato Pereira vai explodir no colo de Pezão e Eduardo Paes

Reprodução do Diário do Poder
Reprodução do Diário do Poder
Por enquanto a delação de Renato Pereira, da agência de publicidade Prole ainda está em segredo de justiça, mas em breve chegará ao nosso conhecimento. Renato Pereira foi responsável pelas campanhas de Sérgio Cabral, Pezão, Eduardo Paes e Pedro Paulo. Embolsou dezenas de milhões de reais, participou de roubalheiras milionárias no Estado e na Prefeitura do Rio. Certamente vai acrescentar com sua delação mais um processo a Sérgio Cabral, será o 22º, mas esse já está destruído, trancafiado atrás das grades no Paraná. Agora vai implodir as campanhas de Paes (governador) e Pedro Paulo (releição como deputado federal), além de contribuir muito para apressar o reencontro de Pezão com seu mentor, Sérgio Cabral, que em breve estarão novamente juntos.

13/03/2018

14:10

Exclusivo! JUIZ GLAUCENIR DE OLIVEIRA: A LEI SOU EU

13/03/2018

12:02

Mais um secretário de Sérgio Cabral vai preso

Reprodução do Globo
Reprodução do Globo
Não é por falta de aviso. Venho repetindo que ainda falta muita gente da quadrilha de Sérgio Cabral ir presa. Hoje foi mais um secretário, agora Cesar Rubens Monteiro, da Administração Penitenciária. E a Operação Pão Nosso também prendeu o diretor de Polícia Especializada do governo Pezão, delegado Marcelo Luiz Santos Martins. São muitos esquemas, a cada hora surge um novo, agora são as quentinhas, que já levaram para trás das grades na Lava Jato o empresário Marco Antônio de Luca, grande amigo de Cabral e Eduardo Paes.

E vem muito mais por aí. Podem aguardar.

12/03/2018

18:09

Vergonha! Empresário ganha milhões como prêmio por mentiras contra Garotinho

Reprodução do Blog do Ralfe Reis
Reprodução do Blog do Ralfe Reis
É esse empresário que vem ganhando aditivos milionários do atual prefeito de Campos, Rafael Diniz, chegando a mudar o nome da empresa para não dar na pinta, que depôs contra mim, usando as mentiras que serviram de base para um juiz de Campos decretar a minha prisão na Operação Caixa D'Água. Está sendo premiado pelas mentiras, porque serviu aos interesses do grupo político-midiático-judicial que se juntou para tentar me destruir.