Visitantes online: 1613
logo topo

sábado, 27 de maio de 2017

22/05/2017

07:46

Delação JBS: Acusação de que Temer roubou R$ 1 milhão da propina do PMDB

Manchete do site Metrópoles
Manchete do site Metrópoles

Um fato estarrecedor, entre tantos que constam na delação da JBS, que merece uma investigação aprofundada, é a acusação direta feita pelo diretor do grupo Ricardo Saud ao presidente Michel Temer.

"O Michel Temer fez uma coisa até deselegante, porque nessa eleição só vi dois caras roubar deles mesmos. Um foi o Kassab, o outro o Temer. O Temer me deu um papelzinho e falou: ‘Ó, Ricardo, tem R$ 1 milhão que quero que você entregue em dinheiro nesse endereço aqui’. O Temer falou isso. Na porta do escritório dele, na calçada. Só eu e ele na rua, na Praça Panamericana".

Pelo que diz Ricardo Saud, o PMDB tinha um saldo a receber de R$ 15 milhões da campanha de 2014. Teria sido chamado por Temer e comunicado que só R$ 14 milhões iriam para o partido, R$ 1 milhão ficariam para o presidente, que mandou entregar o dinheiro a um amigo pessoal, o coronel da PM João Baptista Lima Filho, alvo de investigações da Operação Lava Jato. A ser verdade, Temer teria "roubado", como afirma Ricardo Saud, os próprios companheiros do PMDB. É ou não é inacreditável?



21/05/2017

16:26

CARTA AO NOSSO POVO

Esse ano completo 42 anos de militância política iniciada na clandestinidade quando tinha 15 anos na luta contra a ditadura militar. Lutei ao lado, dos democratas, dos nacionalistas, dos trabalhistas, dos que exigiam a anistia aos exilados e perseguidos políticos, lutei por eleições diretas, e, principalmente, sempre lutei ao lado do povo.

É claro que conquistei muitos admiradores, mas também despertei muito ódio dos poderosos, coronéis políticos, corruptos, políticos sem amor ao Brasil e ao povo.

Sempre tentaram me aniquilar.

Já me deram como morto politicamente várias vezes e todas elas ressurgi como uma assombração para incomodar esses vendilhões da pátria.

Em Campos sempre foi utilizado contra mim, o mesmo método para tentar me desqualificar; a mentira.

Certa vez inventaram que eu era dono da empresa 1001, em outra oportunidade inventaram que era proprietário da rede de supermercados Super Bom, inventaram também que eu havia adquirido a mansão do jogador Bebeto por milhões de reais na Barra da Tijuca.

MENTIRA. TUDO MENTIRA.

Como também era mentirosa a notícia publicada pela Veja que eu usava avião de traficante na campanha presidencial que disputei em 2002.

Como também centenas de mentiras publicadas ao longo dos anos pelos veículos das organizações Globo contra mim e Rosinha, os quais já nos pagaram dezenas de indenizações.

Recentemente, uma investigada, que se tornou testemunha, na fabricada operação chequinho, a mesma que já mudou seu depoimento 6 vezes e por isso foi considerada indigna de fé pelo Tribunal Superior Eleitoral, me acusa. Mais uma mentira.

Como disse no início, são 42 anos contrariando interesses dos poderosos, defendendo o Brasil e os seus trabalhadores.

Será que, se tivesse realizado algumas das práticas de corrupção de que me acusam, 42 anos de vida pública não seriam suficientes pra provarem alguma coisa? Quem tem conta no exterior?

É Garotinho? Não.

Acharam de José Serra, José Dirceu, Cabral, Eduardo Paes, Aécio Neves, Eduardo Cunha e mais de uma centena de políticos.

Quem tem mansão ou fazendas em lugares paradisíacos, como Búzios, Angra, Mangaratiba, Pantanal ou outro lugar famoso?

GAROTINHO? NÃO.

Encontraram dos Picciani, Fernando Henrique Cardoso, Cabral, de vários petistas e outras centenas de políticos que enriqueceram ilicitamente.

Sempre levei uma vida limpa e honrada e este é meu patrimônio.

Desafio qualquer um a provar o contrário!

Minha vida política e pessoal já foi revirada dezenas de vezes e nada foi achado.

As investigações que fizeram contra mim,mesmo as direcionadas por perseguições,acabaram por me dar um atestado de honestidade.

Não há uma só verdade nas acusações que foram feitas contra mim e outros companheiros neste processo que envolve o cheque cidadão.

USAM A MENTIRA COMO ARMA POLÍTICA.

Existem interesses obscuros que em breve traremos ao conhecimento da justiça brasileira envolvendo as autoridades que conduzem esta ação em Campos, há também o preconceito daqueles que consideram o programa de complementação de renda, CHEQUE CIDADÃO, populismo.

Apesar das arbitrariedades, dos absurdos jurídicos, de depoimentos arrancados a base de tortura, nada temo, porque nada fiz de errado!

Nem eu e nem nenhum daqueles que estão sendo vítimas dessa perseguição covarde, apenas pelo ódio que setores da justiça e das elites nutrem contra mim.

AO FINAL, A VERDADE VENCERÁ.

E eles, continuarão inventando mentiras, fabricando falsidades, para tentar enganar aqueles que quando recebem uma informação não sabem discernir o certo do errado, a verdade da mentira, o interesse político ou econômico que está por trás de uma notícia divulgada por um jornal, rádio ou TV.

Sejamos portanto corajosos e conscientes, pacientes e resistentes, para que, ao fim, possamos estar íntegros e fortalecidos para desmascarar os inimigos do Brasil e do seu povo e construir juntos uma sociedade de paz, fraternidade e justiça social.

ANTHONY GAROTINHO

21/05/2017

13:05

O apetite voraz de Aécio Neves por propinas

Reprodução da Folha de S.Paulo
Reprodução da Folha de S.Paulo

Chega a ser tragicômico. O dono da JBS Joesley Batista fugia de Aécio Neves com medo dele lhe pedir dinheiro. A coisa chegou a tal ponto que, segundo a delação, Joesley solicitou a um amigo de Aécio para lhe mandar um recado: "para, pelo amor de Deus, parar de me pedir dinheiro". Isso depois de um encontro onde Aécio pediu mais R$ 5 milhões. Isso sem falar nos muitos milhões que já havia dado ao senador mineiro, incluindo os R$ 2 milhões pedidos na conversa gravada.

Agora pasmem, Aécio, depois de tudo o que veio à tona, manobra nos bastidores para colegas senadores pedirem à Mesa Diretora do Senado para derrubar a suspensão do seu mandato, determinada pelo ministro Edson Fachin. Será que o Senado vai querer bancar uma medida para livrar a cara de Aécio depois de tudo o que se sabe? E afundar ainda mais junto com ele?

21/05/2017

10:15

Dia de "Fora Temer" de norte a sul do Brasil

O povo nas ruas contra Temer; abaixo manchete da Folha de S.Paulo
O povo nas ruas contra Temer; abaixo manchete da Folha de S.Paulo

Hoje é dia de manifestações em todo o país pela renúncia de Temer e a convocação de eleições diretas. Ontem a OAB decidiu que vai protocolar mais um pedido de impeachment do presidente, será o nono. O PSB decidiu formalizar a saída do governo. O PSDB decide hoje se abandona o barco, mas o diretório do Rio de Janeiro já se posicionou contra o governo Temer. A mídia quase unanimemente pede a saída do presidente, que se agarra à Folha de S.Paulo, o único grande veículo que lhe dá apoio. Ontem teve panelaço em muitas cidades durante o pronunciamento de Temer, que está igual a um paciente que agoniza, está em estado terminal, já recebeu a "extrema unção", a família já foi chamada e é questão de tempo, pouco tempo, para dar o último suspiro.

20/05/2017

17:02

Três palácios assombrados: os fantasmas do Alvorada, o porão do Jaburu e o bunker do Planalto

O falecido todo-poderoso senador Antônio Carlos Magalhães foi o coronel que mandou na política baiana por décadas e teve grande influência na política nacional, aliás, como ministro das Comunicações do governo Sarney foi uma "mãe" para a Globo. Pelo seu jeito truculento de fazer política ficou conhecido como Toninho Malvadeza. Foi ele que comparou a aparência de Temer à de "mordomo de filme de terror".

Bem, não sei se Temer tem medo de filmes de terror, mas de fantasmas tem. Depois da confirmação na Presidência da República deixou o Paládio do Jaburu (residência oficial do vice-presidente) e foi morar no Palácio da Alvorada. Só aguentou uma semana. Dizia que ouvia fantasmas de noite. Chegou a chamar um padre especialista em exorcismos. Mas pelo jeito o padre fracassou, os fantasmas continuaram a atormentar a noite de Michel, Marcela e Michelzinho, segundo relato do presidente à Veja. Chegou a dizer que não sabia como Dilma conseguiu morar ali sozinha. Bem, Dilma tinha outros fantasmas para enfrentar que eram bem reais. Por isso Temer decidiu retornar para o Jaburu.

Foi no porão do Palácio do Jaburu que Temer recebeu Joesley Batista na calada de uma noite de março passado. Ali estava presente o fantasma da corrupção, mas com esse Temer não se preocupou, como dá para perceber pelo diálogo gravado. Joesley entrou pela garagem subterrânea, deu o nome de "Rodrigo" na guarita e as portas se abriram ao ouvir a senha, uma espécie de "Abre-te Sésamo" para acessar a caverna de Ali Babá. Joesley entrou, conversou, gravou e saiu como um fantasma.

Agora Temer e seus fiéis escudeiros, Eliseu Padilha e Moreira Franco (ambos investigados na Lava Jato), se encastelam no Palácio do Planalto, transformado em bunker para enfrentar outros fantasmas. Os de manto branco, dos filmes de terror, foram substituídos por capas pretas, do Supremo Tribunal Federal. Mas existe um fantasma maior assombrando o trio, que vem das ruas, se multiplica e grita ensurdecedoramente "Fora Temer". Temer, Padilha e Moreira tremem de medo de serem arrastados para o inferno dos vivos, por isso se agarram ao foro especial. Chamar o padre agora não vai resolver, até porque a CNBB tem se posicionado contra esse governo. Só se for para dar a "extrema unção" nesse governo que já "morreu" e nada o fará ressuscitar.

Em tempo: Michel Temer voltou a fazer um pronunciamento na televisão, menos de 48 horas depois do primeiro. Insiste em que vai continuar no cargo, que vai aprovar as reformas e tenta minimizar a gravação da sua conversa, chamando os irmãos Batista de bandidos. Sim, são bandidos. Sim, Temer tem razão quando diz que ganharam milhões comprando dólares antes da bomba delação atingir o mercado. Mas nada disso muda os fatos graves que Temer protagonizou, crimes de corrupção, obstrução de justiça e organização criminosa, segundo a PGR, que vão muito além da gravação. Nada disso muda as propinas documentadas pelos irmãos Batista. E Temer, por conveniência, omite que eles também ganharam milhões quando lhes passou a informação privilegiada de que a taxa Selic seria reduzida em 1% no dia seguinte.

Ressalto aqui uma contradição enorme entre o primeiro e o segundo pronunciamento de Temer. Na quinta, ele defendia rapidez nas investigações, dizia não ter nada a temer. Hoje anuncia que quer que o Supremo suspenda sua investigação, ou seja, não quer que nada seja investigado.

Temer não tem mais escapatória. Aliás, lembrem que Collor antes do impeachment também foi duas vezes à televisão garantir que não renunciaria. Renunciou algumas horas antes do julgamento final, mas não escapou do impeachment.


20/05/2017

15:00

Garotinho fala da delação e das gravações que atingem Temer e o mundo político



Vídeo gravado na sexta-feira à noite.

20/05/2017

13:32

Aniversário do meu neto Vicente

Vicente, meu sétimo neto, filho da Clarissa e do Marcos, completa hoje um ano. Ele tem sido uma das principais fontes de alegria que Deus tem me dado neste momento de perseguição intensa contra a minha família.

Engraçada a vida. Estou tendo com ele momentos que não tive com os meus filhos. Que Deus possa guardá-lo e protegê-lo sempre, e o oriente e o guie pelas veredas da justiça e do bem.

Parabéns, Vicente!

Vovô Garotinho e Vovó Rosinha

E para vocês verem como o Vicente é lindo e saiu ao vovô, alguns momentos fofos com meu netinho.





20/05/2017

10:31

Em caso de eleição indireta, quatro possíveis candidatos

A presidente do STF, ministra Cármen Lúcia é quem teria o maior apoio dos brasileiros. É citada em conversas de bastidores, mas ninguém sabe se ela aceitaria encarar essa encrenca.

O ex-presidente do STF, Joaquim Barbosa vem defendendo a renúncia de Temer nas redes sociais. Alguns acham que ele toparia desde que fosse convocado por um conjunto de forças políticas. Porém tem personalidade forte demais para o gosto da maioria dos parlamentares.

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que já andou flertando com a política, disse que se Temer sair, ele continua. É o candidato preferido do mercado financeiro e do empresariado.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia é o candidato preferido da Globo, que o considera mais manipulável. Alguns partidos topariam apoiá-lo pelo mesmo motivo. Mas contra ele pesa o inquérito aberto pelo STF na Lava Jato.

Mas volto a repetir tem que haver Diretas Já. Estou apenas lhes mostrando um quadro momentâneo do que se comenta nos bastidores da política.

19/05/2017

16:25

O PAGADOR DE PROPINAS DA JBS RELATA OS VALORES DADOS A SENADORES DO PMDB

EDUARDO BRAGA - 6 MILHÕES
VITAL DO REGO - 6 MILHÕES
JADER BARBALHO - 8, 9 MILHÕES
EUNICIO OLIVEIRA - 6 MILHÕES
RENAN CALHEIROS - 9,9 MILHÕES

19/05/2017

15:40

JBS DEU 27,5 MILHÕES DE PROPINA A CABRAL E DELATOR AFIRMA QUE COMPROU O PDT PARA APOIAR PEZÃO

19/05/2017

15:35

DELATOR AFIRMA: "KASSAB ROUBAVA O DINHEIRO DA PROPINA"

19/05/2017

15:22

RICARDO SAUD, O PAGADOR DE PROPINAS DA JBS, AFIRMA QUE EXISTIA UM CONTA CORRENTE DE PROPINAS COM O PT

19/05/2017

15:15

A ÍNTEGRA DO INQUÉRITO DE TEMER, AÉCIO E ROCHA LOURES

Confira AQUI a íntegra do inquérito aberto por Edson Fachin para investigar Michel Temer por diversas práticas ilícitas, entre elas a compra do silêncio de Eduardo Cunha.



Clique e leia na íntegra

19/05/2017

15:13

QUEM ESTAVA GRAMPEADO? O MINISTRO DO SUPREMO OU O SENADOR?

A PF interceptou telefonema entre Gilmar Mendes e Aécio Neves. Segundo o relatório policial sobre essa conversa, ocorrida em 26 de abril, Aécio Neves pediu a Gilmar Mendes para que convencesse o senador Flexa Ribeiro a votar a favor do projeto de abuso de autoridade.

19/05/2017

15:10

A CONTA SECRETA DO PT NO EXTERIOR

No Termo 9, Joesley Batista diz que emprestou uma conta nos Estados Unidos a João Vaccari Neto. O tesoureiro do PT usou essa conta para receber dinheiro no exterior e repassar recursos para outras contas. O operador de João Vaccari Neto era Guilherme Gushiken, o filho de Luiz Gushiken, um novo nome na rede de propinas do lulopetismo. Joesley Batista entregou todos os movimentos dessa conta à PGR.

19/05/2017

14:56

DEPOIMENTO ARRASADOR: CONTA DE LULA, 70 MILHÕES DE DÓLARES; CONTA DE DILMA: 80 MILHÕES DE DÓLARES

O primeiro depoimento de Joesley Batista é arrasador. Ele diz que Guido Mantega cobrava propina dos financiamentos do BNDES para a JBS. A propina - exatamente como ocorreu no caso da Odebrecht - foi dividida em duas contas correntes: uma de Lula e outra de Dilma Rousseff. Os depósitos eram feitos no exterior. A conta de Lula chegou a 70 milhões de dólares; a de Dilma Rousseff chegou a 80 milhões de dólares. Quando o procurador observou que Lula não estava em campanha eleitoral, Joesley Batista respondeu (minuto 35): "Ele [Guido] falou assim: esse aqui é do Lula, esse aqui é da Dilma. Eu não me aprofundei se era do presidente Lula, ou do governo Lula, ou do governo Dilma". Em 2014, Guido Mantega gastou os 150 milhões de dólares.



PrimeiroAnterior1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 ProximoUltimo