Visitantes online: 2569
logo topo

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

04/11/2017

10:34

O mercado com medo da polarização Lula x Bolsonaro

A capa da nova edição da revista Veja retrata bem o desespero que está tomando do mercado, leia-se empresários, bancos e grandes investidores, diante do quadro eleitoral que vai se desenhando com a polarização entre Lula e Jair Bolsonaro. Essa turma quer porque quer um candidato que atenda seus interesses. Por isso tentam levantar os nomes de Luciano Huck e Henrique Meirelles, plano A e plano B, não necessariamente nessa ordem. Bolsonaro é de direita, mas o mercado não confia.

03/11/2017

16:48

A mando de Pezão, deputados do Rio vão com tudo para cima do ministro da Justiça

Reprodução do blog de Ricardo Noblat
Reprodução do blog de Ricardo Noblat

O ministro da Justiça, Torquato Jardim vai à Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados na próxima quarta-feira. Pezão já pediu aos deputados federais do Rio, do PMDB e alguns aliados, para voarem no pescoço do ministro. Querem desmoralizá-lo, mas, como mostra o artigo de Ricardo Noblat, o ministro Torquato Jardim, embora tenha generalizado, não falou por falar. Ele vai enfrentar a bancada do Pezão, e tem bala na agulha.

03/11/2017

15:36

Crise? Que crise?

Reprodução do Diário do Poder
Reprodução do Diário do Poder

Entra governo, sai governo, com crise ou sem crise, os bancos no Brasil continuam lucrando cada vez mais. Enquanto mais de 20 milhões de brasileiros estão desempregados, muito mais que os 13 milhões apontados nas estatística oficiais, empresários fecham negócios, mais de 60 milhões de brasileiros estão com dívidas na praça, os bancos seguem contabilizando lucros bilionários. Só os três maiores bancos, Itaú, Bradesco e Santander, tiveram lucro líquido acima de R$ 13 bilhões, isso só no terceiro trimestre. E agora querem eleger o sucessor de Temer, mas antes sonham com a aprovação de alguma coisa da reforma da Previdência para faturar mais. Isto é o Brasil!

03/11/2017

14:13

Ministra tucana debocha dos brasileiros

Reprodução da Veja online
Reprodução da Veja online

A ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois, do PSDB, deveria ter mais bom senso. Querer ganhar acima do teto constitucional e alegar que receber apenas R$ 33 mil por mês “sem sombra de dúvidas, se assemelha ao trabalho escravo" é um deboche com 99% do povo brasileiro. Além dos R$ 33 mil, como ministra, Luislinda tem direito a carro com motorista, jatinhos da FAB, cartão corporativo e imóvel funcional. Mas em entrevista ao Estadão justificou que como ministra tem que estar sempre arrumada e maquiada. Enquanto isso os verdadeiros escravos, perdem direitos trabalhistas que antes eram assegurados pela CLT e "comem o pão que o diabo amassou". Depois que viu a repercussão negativa, Lusilinda agora diz que vai deixar para lá. Que vergonha!





03/11/2017

12:40

Encontro Marcado com Garotinho Especial (Sexta, 03/11/2017)

03/11/2017

09:27

Fala Garotinho (Sexta, 03/11/2017)

02/11/2017

14:20

Empréstimo da Cedae é mais uma maracutaia do governo Pezão

Reprodução do Blog do Pedlowski
Reprodução do Blog do Pedlowski

Vou reproduzir o que falei hoje cedo no meu programa da Rádio Tupi sobre o banco escolhido, o BNP Paribas, que está envolvido na maracutaia que quebrou o Rio Previdência:

"Brizola dizia uma frase que ficou muito conhecida, e que se assemelha a essa maracutaia que está para acontecer: tem rabo de jacaré, couro de jacaré, boca de jacaré, como que não é jacaré? Esse empréstimo tem juros absurdos, banco suspeito, vai ser feito num paraíso fiscal, com uma garantia que não é sólida. Como que não é jacaré? É impossível que essa operação não vá terminar na justiça.

Mas no meu live às 22h, no Facebook, vou falar mais sobre essa maracutaia.

02/11/2017

12:15

Hoje às 22 horas, tem Garotinho ao vivo no Facebook



02/11/2017

11:01

Temer quer garantir foro privilegiado depois que deixar a presidência

Michel Temer; abaixo manchete do G1
Michel Temer; abaixo manchete do G1

Michel Temer quer arrumar um candidato à Presidência que defenda o seu governo. Levando em consideração que sua aprovação está abaixo de 3% vai ser uma tarefa difícil. Quem for candidato e defender esse governo pode desistir da disputa porque não vai arrumar nada.

Mas o que Michel Temer quer, mais do que tudo, é eleger um presidente que seja aliado e/ou amigo para lhe garantir foro privilegiado quando deixar o cargo, negociando, mesmo que não seja abertamente, a aprovação de uma lei que garanta esse benefício não apenas a presidentes como a ex-presidentes. No Palácio do Planalto a avaliação é que o PT apoiaria essa ideia porque beneficiaria também Lula e Dilma.

01/11/2017

18:09

FHC e os erros dos tucanos

Reprodução do Brasil 247
Reprodução do Brasil 247

Essa história de reconhecer os erros é o mesmo discurso que o PT já usou. Mas reconhecer os erros mantendo Aécio Neves na presidência do partido é um reconhecimento da boca para fora, só para enganar os trouxas. Quero ver é, como sugere FHC, o PSDB conseguir convencer os eleitores que é diferente do PMDB. Pesquisas recentes mostram que PMDB e PSDB são considerados sócios da tragédia que se abate sobre o Brasil com esse governo Temer.

01/11/2017

16:53

Rei Arthur continua vivendo na realeza em Miami

Reprodução do Radar online, da Veja
Reprodução do Radar online, da Veja

Até agora já foram feitos três pedidos de extradição do Rei Arthur, que está escondido das autoridades brasileiras no seu refúgio milionário em Miami, na Flórida. Mas a força-tarefa da Lava Jato acredita que como o empresário agora já é réu na Justiça do Rio, o próximo pedido de extradição possa ser aceito pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos.

01/11/2017

15:27

Tentando atingir Marcelo Bretas

Reprodução do blog de Ancelmo Gois, do Globo
Reprodução do blog de Ancelmo Gois, do Globo

Só é bom frisar, porque a nota não diz, que se são investigações totalmente ilegais. Mas para mim não é surpresa. É assim que a quadrilha do PMDB sempre agiu, inclusive contra mim. Vivem tentando descobrir alguma coisa para prejudicar, enxovalhar, denegrir a imagem daqueles que consideram adversários. E o juiz Marcelo Bretas é hoje considerado pela turma de Cabral como o inimigo nº 1.

01/11/2017

13:15

Piada de Pezão

Nessa polêmica envolvendo as declarações do ministro da Justiça, Torquato Jardim chama a atenção a declaração de Pezão: "Não negociamos com criminosos". Só pode ser piada. Basta ver a lista de presos da Lava Jato, alguns já condenados, além das delações e provas já encontradas, para se comprovar que a dupla Cabral / Pezão negociou sim com criminosos. Aliás, sempre negociou. Relembrem o vídeo revelado pelo nosso blog em 2010, onde Cabral canta junto com os irmãos Natalino e Jerominho, então chefes da milícia Liga da Justiça, que dominava a Zona Oeste.



01/11/2017

09:25

Fala Garotinho (Quarta, 1º de Novembro de 2017)

31/10/2017

18:06

Picciani quer se desfazer do rebanho

Reprodução do blog de Lauro Jardim, do Globo
Reprodução do blog de Lauro Jardim, do Globo

Vendo a vaca ir para o brejo por conta das investigações da Lava Jato, a família Picciani decidiu colocar à venda o seu plantel de 500 bois e vacas nelore. Muita gente se surpreendeu com o número reduzido do rebanho dos Picciani's, imaginando que a família teria milhares de cabeças de gado. É aí que está a questão crucial, a maior parte do rebanho de Jorge Picciani e filhos são "vacas e bois de papel". Só existia no papel para "esquentar" operações de repasse de propinas onde eram simuladas operações de venda de gado. Picciani está com medo de ter bens bloqueados pela Lava Jato e corre para fazer dinheiro, que certamente não ficará nas contas bancárias da família ou das empresas.

Aliás, Picciani gravou um vídeo onde expressa sua indignação com as declarações atribuídas ao ministro da Justiça, Torquato Jardim sobre o crime organizado comandar a segurança pública do Rio. Dá vontade de rir, se não fosse para chorar da situação que vivemos.



31/10/2017

16:48

Com Pezão não há solução

Reprodução do Extra
Reprodução do Extra

Novembro começa amanhã e Pezão ainda deve o salário de agosto a 15 mil servidores e o de setembro a 220 mil. E o 13º de 2017 só sairá se acontecer um milagre. A verdade é simples, só não vê quem não quer. Enquanto Pezão for governador e for mantida sua equipe incompetente o Rio de Janeiro não voltará a andar para a frente.

PrimeiroAnterior1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 ProximoUltimo