Visitantes online: 1346
logo topo

domingo, 24 de setembro de 2017

13/09/2017

17:50

Publicação de Clarissa Garotinho no Facebook

Postagem de Clarissa Garotinho no Facebook
Postagem de Clarissa Garotinho no Facebook


Postado pelo moderador

13/09/2017

17:37

Publicação de Wladimir Matheus no Facebook

Reprodução do Facebook de Wladimir Matheus
Reprodução do Facebook de Wladimir Matheus


Postado pelo moderador

13/09/2017

14:05

Publicação de Rosinha Garotinho no Facebook

Não dá pra ficar em silêncio diante de mais um absurdo praticado contra o meu marido. Repudio a prisão dele e a classifico como uma tentativa de calar a sua voz em denúncias sobre famosos políticos e membros do Judiciário. Também estou perplexa com a “coincidência suspeita” de a prisão ocorrer no mesmo dia do depoimento do ex-presidente Lula, criando ainda mais atenção para a notícia da prisão de Garotinho, assim como a primeira prisão do ex-governador ter ocorrido na véspera da prisão do também ex-governador Sergio Cabral.

Outro fato que também me causa espanto é que a prisão de hoje acontece logo depois que eu e o Garotinho reiteramos denúncias ao Ministério Público contra o promotor Leandro Manhães por seus atos ilícitos. E ainda um dia após o Garotinho ter tido audiência com o ex-presidente do Tribunal de Justiça do Rio, Luiz Zveiter, em que foi proposta uma reconciliação pelo Zveiter, mas esta não aceita pelo ex-governador. Garotinho disse na audiência que irá apelar para o conceito de exceção da verdade, ou seja, irá provar que tudo que ele diz sobre Zveiter é verdade.

Ressalto que as acusações contra o Garotinho falam de supostas compra de votos, o que não é verdadeiro. Não há acusação de roubo, propina ou corrupção. A compra de votos, mesmo que fosse provada, não seria motivo de prisão. Afirmo ainda que esse processo nada tem a ver com construtoras ou acusações de outras natureza, como afirmam alguns veículos de comunicação.

Enquanto os que ele denuncia estão presos por corrupção, recebimento de propina, enriquecimento ilícito, conta no exterior, prendem o Garotinho porque dá comida aos mais necessitados e devidamente cadastrados na prefeitura.

Faço um apelo às autoridades para que libertem o meu marido porque isso que estão fazendo é imoral. E permitam que ele volte a trabalhar honestamente como radialista, o que ele faz há mais de 30 anos e que garante o sustento da nossa família.

Rosinha Garotinho

Reprodução do Facebook de Rosinha Garotinho
Reprodução do Facebook de Rosinha Garotinho


Postado pelo moderador

13/09/2017

13:37

Nota oficial

A defesa do ex-governador Anthony Garotinho repudia os motivos apresentados para a prisão do ex-governador e entende que a decisão de mantê-lo preso em casa, em Campos, tem a intenção de privá-lo de seu trabalho na Rádio Tupi e em seus canais digitais e, com isso, evitar que ele continue denunciando políticos criminosos importantes, alguns deles que já foram até presos. A defesa nega as acusações imputadas a ele e informa que ele nunca nem foi acusado de roubo ou corrupção. O processo fala de suspeitas infundadas de compra de votos, o que por si só não justifica prisão.

A defesa afirma que a prisão domiciliar, além de não ter base legal, causa danos à sua família já que o impede de exercer sua profissão de radialista e sustentar sua família. A defesa do ex-governador irá recorrer da decisão.

Carlos Azeredo - Advogado de Garotinho

Postado pelo moderador

13/09/2017

08:02

A terceira denúncia contra Temer está no forno

Geddel Vieira Lima
Geddel Vieira Lima

Até sexta-feira o Procurador Geral da República, Rodrigo Janot vai apresentar a segunda denúncia contra Michel Temer, baseada na delação do doleiro Lúcio Funaro, que teria apresentado comprovante de pagamento de propina de R$ 1,5 milhão ao presidente da República.

Mas já está no forno uma terceira denúncia. É que segundo relatos, Geddel Vieira Lima está devastado e sua família arrasada com sua prisão e a descoberta dos R$ 51 milhões. No Palácio do Planalto é conhecida a personalidade de Geddel, emocionalmente instável, e é dada como certa a delação premiada.

Se Geddel fizer acordo de delação acabou para Temer. Caberá à futura Procuradora Geral da República, Raquel Dodge, que assume na próxima segunda-feira, cuidar do caso. Mas por tudo o que Geddel sabe e participou ao lado de Temer será inevitável uma terceira denúncia. Resta saber se Temer sobreviverá à segunda denúncia.

12/09/2017

17:59

Mais uma bomba explode no colo de Michel Temer

Reprodução do Zero Hora
Reprodução do Zero Hora

Mais cedo falamos da MP dos Portos que virou MP dos Porcos. Isso foi em 2013. Agora, segundo a Polícia Federal, confirmou-se que eu tinha razão, ali o PMDB deitou e rolou, com a turma de Eduardo Cunha e Michel Temer no comando. Agora esse inquérito vai investigar decreto de 2017 que beneficiou empresas que exploram portos, como a Rodrimar, em Santos, área onde Michel Temer sempre teve total influência. E ainda vem a denúncia. Será que Temer vai conseguir escapar do bombardeio?

12/09/2017

16:15

Temer, PMDB e PSDB vão fazer a CPI da vingança

Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online

Essa CPMI da JBS vai se prestar à sonhada vingança de Michel Temer, do PMDB e do PSDB contra, principalmente, Rodrigo Janot. Vão com a faca nos dentes para cima de Janot, que já será ex-PGR quando for convocado, e, se puderem vão devorar Joesley Batista, Ricardo Saud e a JBS. E com um detalhe muito importante, que a CPI, por conta da mudança da legislação, além da quebra dos sigilos bancário, telefônico e fiscal, poderá pedir a prisão e medidas de busca e apreensão contra investigados.

O presidente da CPI é o senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO). Será o representante de Aécio Neves na vendeta (vingança) contra Janot. E o relator, esse mostrado na imagem acima, Carlos Marun (PMDB-MS), o mais aguerrido soldado das tropas de choque de Eduardo Cunha e, depois, de Michel Temer.

Podem se preparar que não vão faltar emoções, aliás, nem ódio, nessa CPI. Mas não dividem se, apesar de tudo, ainda apareçam parlamentares tentando negociar vantagens por baixo dos panos com Joesley Batista e a JBS. Afinal, CPI no Brasil, sabem como funciona...

12/09/2017

13:45

Relatório da PF sobre "quadrilhão" do PMDB cita MP dos Porcos, denunciada por Garotinho

Reprodução do Conversa Afiada, de Paulo Henrique Amorim
Reprodução do Conversa Afiada, de Paulo Henrique Amorim

Mais uma denúncia que fiz na tribuna da Câmara, em 2013, quando era deputado federal veio a se comprovar. No relatório da Polícia Federal sobre o inquérito conhecido como "quadrilhão", que apura a corrupção do PMDB da Câmara consta a famigerada "emenda Tio Patinhas", como chamei, na MP dos Portos, que apelidei de MP dos Porcos. Como lembra hoje o jornalista Paulo Henrique Amorim, no Conversa Afiada, eu avisei...

Leia na íntegra a postagem do Conversa Afiada







12/09/2017

11:55

Encontro Marcado com Garotinho (Terça, 12/09/2017)

12/09/2017

09:25

Fala Garotinho (Terça, 12/09/2017)

12/09/2017

07:51

Temer, ministros, deputados e políticos do Rio na "organização criminosa" do PMDB

Reprodução da Veja online
Reprodução da Veja online

Diz a Polícia Federal: "Integrantes da cúpula do partido, supostamente, mantinham estrutura organizacional com o objetivo de obter, direta e indiretamente, vantagens indevidas em órgãos da administração pública direta e indireta. O grupo agia através de infrações penais, tais como: corrupção ativa, passiva, lavagem de dinheiro, fraude em licitação, evasão de divisas, entre outros crimes cujas penas máximas são superiores a 4 anos".

O relatório da PF embasará a segunda denúncia da Procuradoria Geral da República contra o presidente Michel Temer.

Além de Temer constam no relatório da PF os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco, o ex-ministro Geddel Vieira Lima, os ex-presidentes da Câmara, Eduardo Cunha e Henrique Eduardo Alves, o doleiro Lúcio Funaro, e ainda vários deputados, como o Líder do Governo no Congresso, André Moura (PSC-SE), e três políticos do PMDB do Rio de Janeiro: Altineu Côrtes (deputado) e Nelson Bournier e Solange Almeida (ex-deputados).

11/09/2017

19:36

O menor dos problemas de Pezão

Reprodução do G1
Reprodução do G1

Esse inquérito que a PGR pede para que seja aberto no STJ para investigar Pezão diz respeito à delação da Odebrecht. Teria recebido propina de R$ 20 milhões. O problema maior do governador está nas investigações e delações da Lava Jato no Rio, principalmente o caso da delação de seu "homem da mala", Hudson Braga, o Braguinha.

11/09/2017

18:20

O PT-RJ e as eleições estaduais de 2018

Ex-ministro Celso Amorim
Ex-ministro Celso Amorim

Saiu na imprensa que o PT nacional quer que o ex-ministro das Relações Exteriores dos governos Lula e Itamar Franco seja candidato no Rio de Janeiro na eleição do próximo ano, para o Senado ou para o Governo do Estado. Para governador só se o PT conseguir fechar o apoio de PCdoB e PDT, senão disputará uma das duas vagas de senador. Não arruma nada nem como senador, muito menos como governador, e menos ainda conseguir o apoio do PCdoB e do PDT. Aliás, esses não são os planos dos petistas fluminenses, que sabem que Celso Amorim quando muito se elege para deputado federal, mesmo assim é duvidoso.

Pra mim isso é apenas balão de ensaio, não vai prosperar a ideia, se for adiante será uma aposta furada.

11/09/2017

17:15

Os Maias e o PMDB juntos e misturados

Não se trata de nenhuma novidade. Em 2014 Cesar Maia concorreu ao Senado como candidato de Cabral, Pezão e Picciani, não arrumou nada, mas selou uma aliança com a quadrilha do PMDB. Tanto que no ano passado Rodrigo Maia andava pra cima e pra baixo com Eduardo Paes, participando ativamente da campanha de Pedro Paulo à Prefeitura do Rio.

Agora vem sendo costurada uma aliança ainda mais ampla, juntando os trapos do PMDB-RJ com a família Maia. Cesar Maia sairia candidato ao Governo do Estado, Eduardo Paes disputaria o Senado e Rodrigo Maia iria para a reeleição na Câmara para tentar se reeleger presidente e fazendo uma bancada mais expressiva para o DEM-RJ. Alguns ainda acham que Paes teria chance e querem ele como candidato a governador e Cesar Maia para o Senado. Tudo com a benção e o apoio de Michel Temer, na hipótese dele sobreviver. Cesar Maia, Rodrigo Maia, Michel Temer, Pezão, Sérgio Cabral, Eduardo Paes, Jorge Picciani. Todos juntos e misturados.

Vários deputados dizem que essa aliança seria uma forma do PMDB continuar no poder, usando a família Maia, sem parecer que a candidatura é do PMDB, ou seja, uma forma de "dourar a pílula". E claro, Cabral concordou, o acerto é para seu filho Marco Antônio se reeleger e voltar a ser secretário estadual. É pra tentar manter os esquemas mais 4 anos. Claro que vários empresários "parceiros" de negócios do PMDB se animaram com a ideia. Essa chapa deveria ser chamada "Me engana que eu gosto".

11/09/2017

16:00

MPF acha que Carlos Arthur Nuzman fazia parte do grupo de Sérgio Cabral

Reprodução do Globo
Reprodução do Globo

Essa descoberta feita pela PF e pelo MPF na casa do presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman mostra que o ex-secretário estadual de Saúde, Sérgio Côrtes, mandava e desmandava no governo de Sérgio Cabral a ponto de mandar a Polícia Civil fazer dossiês de adversários do seu grupo. Para o MPF o dossiê feito contra um adversário de Nuzman reforça os indícios de que o presidente do COB fazia parte do grupo de Sérgio Cabral.



Em tempo: O Rei Arthur continua foragido. Ninguém o achou até agora.

11/09/2017

15:01

Rafael Diniz faz o povo sofrer e depois viaja para Búzios

Não é ilegal, porém...

Cada vez fica mais insustentável o discurso do prefeito Rafael Diniz sobre as dificuldades financeiras da prefeitura, que segundo ele, teriam sido deixadas pela prefeita Rosinha Garotinho. As evidências, os fatos são incontestáveis.

Primeiro foram os R$ 80 milhões, sem licitação, para a compra de remédios que ninguém acha nos postos de saúde e hospitais da prefeitura. Depois a implantação da "parentocracia" legislativa, onde Rafael Diniz empregou centenas de parentes de vereadores em cargos de confiança, com salários altos, para não fazerem absolutamente nada. Depois a contratação inexplicável de uma empresa de aluguel de geradores por R$ 5 milhões, segundo o edital, para atender a festas do município. Que festas, se a cidade está quebrada, segundo o prefeito. Além disso a contratação de uma empresa para fazer o papel da Secretaria de Fazenda por R$ 14 milhões, cujos sócios foram presos na Operação Derrame no Espírito Santo, por um edital igual ao elaborado pela Prefeitura de Campos.

São dezenas de demonstrações de desperdício do dinheiro público ou de gastos desnecessários como poderão ver na imagem abaixo. É justo fechar um Restaurante Popular, deixar famílias sem ter o que comer e, para atender os seus amigos da imprensa comprada de Campos, que protege Rafael Diniz, gastar R$ 5 milhões em propaganda, como mostra a publicação do Diário Oficial de hoje, em benefício da empresa Tinoco Machado, Comércio e Representações Limitada, que vai ficar com 20% desse dinheiro como comissão de agência, que pertence ao primo do Chefe de Gabinete do prefeito, Cesar Tinoco?



Há diversas palavras que podem definir o que está acontecendo em Campos: IRRESPONSABILIDADE, INCOMPETÊNCIA, GANÂNCIA, DESPREPARO, CORRUPÇÃO, entre outras. Seja lá o que for o prefeito vai mal, muito mal!

Aliás, o final de semana foi marcado por um bate-boca entre críticos e apoiadores do prefeito sobre o seu direito de passar o feriadão com a família e auxiliares em Búzios. Uma verdadeira questão mal colocada. Como qualquer cidadão o prefeito pode escolher o local que quiser para descansar. A matéria do site Diário da Planície, dentro do que exige o bom jornalismo, quis saber um fato de interesse público relevante, ou seja, quando os funcionários contratados da prefeitura (RPAs) receberão o salário e se serão ou não demitidos. O repórter informa na matéria que assessoria divulgou o seguinte: "o prefeito, sua família e seus auxiliares estão recarregando as baterias em Búzios porque na próxima semana terão muito trabalho pela frente". Não há nenhuma ofensa na notícia, nem muito menos mentira. Por que tanta discussão sobre um fato natural do prefeito estar desfrutando das delícias da Região dos Lagos?

Não há nada que o impeça de fazer isso. É legal, é legítimo, porém, depois de ter tirado a comida da mesa dos mais pobres e deixar mais de 4 mil famílias sem salário, pode parecer um deboche. Rafael poderia ter ido para Angra, Guarapari, até mesmo para Mangaratiba, inspirado nas aventuras "cabralescas" da gangue que hoje ocupa o presídio de Benfica. Não é ilegal, porém...

Reprodução do Diário da Planície
Reprodução do Diário da Planície


PrimeiroAnterior1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 ProximoUltimo